\ A VOZ PORTALEGRENSE: AQUILO QUE NINGUÉM DIZ!

quarta-feira, março 29, 2017

AQUILO QUE NINGUÉM DIZ!

*
AQUILO QUE NINGUÉM DIZ!

EM PORTALEGRE O ‘MUDO’ GOVERNA

Quem esteve atento às últimas eleições distritais no PSD – Portalegre, porventura muito pouca gente dado o estado comatoso do partido no distrito, sabia que a única hipótese credível era a vitória, e por margem clara, de Armando Varela, actual presidente da autarquia de Sousel.
A alternativa era tão má, que se tivesse ganho, ou mesmo se tivesse alcançado uma votação expressiva, o PSD no distrito de Portalegre caminharia para a implosão.
Armando Varela prestou um enorme serviço ao PSD – Portalegre, salvou-o da maior crise desde a sua fundação, e tornando-se merecedor do maior agradecimento dos militantes sociais-democratas.
Contudo, não foi assim que aconteceu. Pelo contrário. Em vez de agradecimentos, na qualidade de líder distrital e face ao imbróglio criado no concelho de Portalegre em relação ao candidato às eleições autárquicas do próximo outono, é-lhe dado o presente envenenado de ser forçado a encabeçar a lista do PSD à autarquia de Portalegre.
Armando Varela tem um trabalho exemplar à frente da autarquia de Sousel, trabalho esse reconhecido pelos próprios adversários políticos. Ganhou prestígio, mostrou competência, é respeitado, mas no concelho de Portalegre é um ilustre desconhecido.
É inquestionável que o PSD já não tem tempo para fazer uma campanha eleitoral ganhadora, e está prestes a imolar mais uma figura pública de valor, tal como o fez há quatro anos com o prestigiado Jaime Azedo.
Todavia, o PSD tem em Portalegre, há anos, um candidato natural, que é Cristóvão Crespo. Então o porquê de toda esta encenação, de toda esta história?
Como dizia Lee Atwater, o lendário conselheiro de Ronald Reagan, o segredo do sucesso em política está em “não se fazer notado, fazer-se de parvo e ir sempre andando”.
Cristóvão Crespo é conhecido em Portalegre. Aqui desempenhou cargos na estrutura concelhia, nos órgãos autárquicos, foi Governador Civil e agora é deputado. Que melhor currículo poderá haver para um candidato à autarquia de Portalegre?
Pois é. Mistério!
Há muito que paira uma sombra sobre o PSD – Portalegre. Sombra que está longe, mas que ao mesmo tempo está sempre presente. Nada por e para Portalegre. Quanto pior, melhor para Portalegre. Porque nesta cidade madrasta nunca lhe foi reconhecido valor. E tem valor!
A vingança serve-se fria.
*
*

Free web page counter